Total de visualizações de página

sábado, 10 de maio de 2008

sobreviventes










Há dias quero escrever sobre a fragilidade/força dos seres viventes. Já não digo do ser humano, com tudo o que tem mostrado na arte da sobrevivência. Reparei numas arvorezinhas, ainda em fase adolescente, mas que já mostram sinais de sua determinação em viver. A vida é um constante desafio, até para os vegetais. Dizer-se que alguém vegeta, quando não vive plenamente suas funções de ser humano, talvez seja injusto. Vejam aqui as fotos de um exemplo de nobreza! Estão em meio a um parque onde milhares de pessoas passam, garotos travessos arrancam folhas e chutam a plantas, mas elas permanecem, prometendo crescer e se transformar em imponentes árvores. É quase um milagre! É um exemplo de que quaisquer que sejam as ameaças por perto, nossa determinação deve prevalecer. Determinação em acreditar em nós mesmos e esperar por um pouco de sorte, claro!

Um comentário:

Dédalus disse...

Yo también admiro a los supervivientes, sean personas, animales o vegetales, como los pequeños árboles que has fotografiado en el parque. La resistencia frecuentemente es una virtud...

Beijinos, Sonia.